Potência ou economia? O que levar em conta ao alugar um carro?

É muito comum ouvirmos nas propagandas das montadoras ou nas conversas com vendedores e outros motoristas, que um veículo é o mais potente da categoria ou o mais econômico. Essas são qualidades importantes, mas qual das duas devemos priorizar na hora de alugar um carro?

Na verdade, depende. Cada uma dessas características é interessante para um tipo de uso, urbano ou estrada, dando mais conforto e melhor desempenho. Por isso, neste artigo falaremos sobre o que é potência e o que é a economia em um automóvel. Mostraremos também em quais situações elas são mais vantajosas, para que você possa escolher a melhor opção no seu aluguel. Confira!

O que é a potência de um carro?

Quando falamos em potência de um carro, estamos dizendo da força do motor, e da sua capacidade em gerar energia queimando o combustível. Exemplificando: Um veículo precisa de muita potência para atingir velocidades altas, como os carros esportivos, e também para mover uma grande quantidade de peso, como os caminhões e ônibus.

potência de um motor é medida em cavalo-vapor (cv), e é um dos itens que mais influencia no desempenho do automóvel. Nos carros de passeio, os modelos de uma mesma categoria têm potências parecidas, com pouca variação, sendo essa diferença praticamente imperceptível na direção.

Porém, quando comparamos entre diferentes categorias de carros, de um 1.0 para um com motor 1.8, por exemplo, as cilindradas maiores proporcionam um aumento de potência muito claro, sendo percebido no acelerador e nas trocas de marchas.

Sendo assim, um carro com maior potência é mais adequado para uso em rodovias, pois traz mais segurança e conforto em velocidades altas, tem sobra de potência para ultrapassagens e menor redução de desempenho em aclives.

O que é a economia em um carro?

Um carro econômico tem um consumo de combustível baixo, ou seja, roda por mais tempo gastando menos combustível. Também consome menos em marcha lenta, quando o veículo está parado ou sem uma marcha engatada.

Isso acontece porque a quantidade de combustível que o motor precisa para um ciclo completo é reduzida, fazendo com que precise de menos para manter-se funcionando. Por conta disso, a potência do motor também é diminuída, já que as explosões são menores e geram menos energia.

Deste modo, um carro econômico geralmente tem uma velocidade máxima menor. Também não são os mais adequados quando há a necessidade de carregar muito peso ou enfrentar trechos longos de aclive, porque que o seu motor é menos potente e perde fôlego mais depressa. Assim, os modelos que priorizam a economia são indicados para ambientes urbanos, com muitas paradas e obstáculos, ou para viagens rápidas e de pequenas distâncias.

Em geral, a maneira mais simples de verificar qual carro foi projetado para entregar potência e qual modelo é mais econômico, é olhando a capacidade do motor, as chamadas cilindradas. No próximo tópico falaremos um pouco mais sobre o que são as cilindradas e como elas influenciam o desempenho do carro.

O que são as cilindradas?

Um motor é, basicamente, um bloco de metal que contém, entre outros componentes, cilindros que recebem o combustível. Em linhas gerais, é nos cilindros que ocorre a explosão, resultado da queima do combustível, que empurra o pistão, fazendo o motor girar e movimentar as rodas.

Assim, quanto mais combustível puder ser queimado em cada cilindro, (quanto maior o volume útil do motor), maior é a energia do pistão para movimentar o carro. A esse volume útil damos o nome de cilindradas, expressas em centímetros cúbicos (cm³) ou em litros (l).

Um veículo com mais cilindradas é, por via de regra, mais potente. Porém consome mais, já que a cada ciclo de giro do motor, uma quantidade maior de combustível é injetada e queimada. Neste sentido, é sempre interessante se informar sobre a cilindrada do modelo ao alugar um carro, para saber se ele prioriza a potência ou a economia.

As cilindradas vêm expressas junto ao nome do modelo, em números como 1000, 1600 ou 2000 (quando informadas em cm³), ou como 1.0, 1.6 e 2.0, respectivamente (quando em litros).

Qual cilindrada escolher em aluguel de carros?

As cilindradas são a forma mais fácil de conferir as características do desempenho de um veículo. Claro que, sozinhas, elas não podem dizer qual modelo é o mais potente ou o mais econômico, especialmente quando falamos de carros de uma mesma categoria. Outros fatores também influenciam, como a tecnologia empregada, a aerodinâmica do modelo e uso de turbo compressores. No entanto, são um bom indício.

Como dissemos lá no começo, a escolha da categoria ideal para alugar, dependerá do uso que será feito do veículo. Pensando nisso, confira abaixo como cada faixa de cilindradas se comporta e para quais situações elas são mais indicadas:

Carros populares (até 1.0)

São os modelos mais econômicos, fazendo mais quilômetros por litro de combustível. Porém, são também os menos potentes. Desse modo, são ideais para enfrentar o trânsito mais carregado das cidades, os diversos obstáculos (lombadas, semáforos, preferenciais, por exemplo), ou para viagens curtas em estradas mais planas.

Não são os mais apropriados para viajar com a família (se ela for grande), pois tem dificuldades para encarar subidas ou fazer retomadas de velocidade quando estão com muito peso. Também são desconfortáveis em rodovias, visto que precisam andar no limite para desenvolverem altas velocidades, não sobrando potência para ultrapassagens ou aclives longos.

Carros médios (1.4 ou 1.6)

Aliam potência e economia, sendo a escolha certa para quem vai viajar e pretende passear em várias cidades. Costumam ter um consumo razoável em ambiente urbano, e são confortáveis para dirigir nas estradas. Principalmente para quem prefere manter uma velocidade alta e constante, sem muitas ultrapassagens.

Oferece um pouco mais de potência para enfrentar subidas, ultrapassagens e retomadas de velocidade, mas um esforço maior pode ser necessário se o ar-condicionado estiver ligado, por exemplo.

Carros rápidos (acima de 1.8)

Modelos com motores de 1.8 ou 2.0 litros são os que priorizam a potência. Andam muito bem em rodovias, oferecendo segurança em ultrapassagens e enfrentando aclives sem que o motorista note a diferença.

Esses modelos entregam uma velocidade máxima maior também, e podem rodar com o ar-condicionado ligado sem perda de desempenho. Contudo, são os que mais consomem, por isso não são recomendados para uso restrito à cidade.

Potência e economia são duas características importantes para se avaliar ao alugar um carro. Entretanto, os modelos mais potentes são menos econômicos enquanto os que consomem menos podem ter um desempenho inferior. Por isso, é importante pensar no uso que será feito para poder escolher a categoria de veículo ideal conforme as suas necessidades.

Este artigo foi útil para você decidir qual automóvel alugar para sua viagem? Então aproveite para saber como devolver o carro alugado em outra cidade!

 

Economize tempo e dinheiro alugando um carro em suas viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *