Dicas para quem vai viajar por conta própria – Preparando todos os detalhes

Dicas para quem vai viajar por conta própria – Preparando todos os detalhes
5 (100%) 1 vote[s]

Quem gosta de viajar sabe que nem sempre é preciso contratar uma agência de turismo para que seja possível realizar a vontade de fazer a viagem dos sonhos. Muito pelo contrário: com um pouco de organização e boa vontade, abrir mão da consultoria de uma agência pode significar uma economia bacana que acaba virando mais dinheiro para gastar no destino escolhido. Mas planejar com antecedência é fundamental, já que um “conforto” será perdido sem uma agência: a segurança de que, se algo der errado, uma empresa estará ali para resguardar seus direitos.

A primeira atitude de quem vai viajar sem agência para o Brasil ou exterior, contudo, é justamente evitar esse tipo de pânico. Quem se organiza direitinho sabe que as chances de algo dar errado quase caem por terra. É preciso pesquisar bem todos os detalhes dos lugares que o viajante quer visitar, sua cultura e o modo de vida das pessoas, para evitar surpresas desagradáveis quando chegar ao destino escolhido. Ao começar a planejar sua viagem, inclusive, lembre-se prioritariamente de uma coisa: evite chegar à cidade escolhida aos domingos, dia praticamente “morto”, que pode dificultar sua vida nos quesitos transporte público e locais de alimentação.

Outro item importante da organização de viagem é reservar hotéis e passagens aéreas com bastante antecedência, já que esses dois serviços são os que têm os preços mais flutuantes e podem ficar bem caros na véspera da viagem. Se o destino escolhido for fora do Brasil, não deixe de verificar o limite de bagagem firmado pela companhia aérea escolhida e se o país de destino pede algum tipo de visto, carta de estadia ou documento comprobatório de férias nos guichês de imigração. Acredite: não é difícil ser mandado de volta para casa se você não tiver todos os documentos que outros países exigem que sejam apresentados (principalmente EUA e países da Europa).

É recomendável que o hotel escolhido tenha uma boa localização para evitar gastos excessivos com transporte público. Dependendo dessa e de outras variáveis, você poda optar por alugar veículo, dependendo do tipo de passeio que quer fazer e em que cidade está, para tornar ainda mais possível escolher com autonomia o que conhecer no seu período fora. Aluguel de carro não é uma opção tão cara e pode te ajudar caso a viagem seja no nordeste brasileiro ou entre países da Europa, que tem estados/países muito próximos e que também podem ser visitados nas horas vagas do seu roteiro planejado previamente. No Brasil, basta apresentar a carteira de habilitação, assim como na Europa – mas caso seu país de visita esteja no Reino Unido (onde a mão é invertida) o aluguel de carro pode se tornar mais complicado. Leve absolutamente todos os documentos necessários.

Saber como vivem as pessoas do lugar escolhido para a viagem também é um item de planejamento que deve constar nos preparativos das férias. Muitos lugares tem uma cultura gastronômica e vida noturna completamente diferente da nossa – e como somos visitantes, nós é que devemos nos adaptar. Contudo esse é um dos itens mais fáceis de organizar na viagem, principalmente porque é possível achar na internet muitas dicas de comida, passeio, baladas e bares nas principais cidades turísticas do mundo. Mais uma vez, é só pesquisar.

Por fim, decida o que vai ser levado na mala – e garanta que está levando o mínimo possível, principalmente se o interesse for gastar em compras na viagem. Excesso de bagagem é caro e deixar coisas para trás sempre dão um apertinho no coração. A dica é ser sustentável na hora de montar a mala ou começar já a praticar o desapego. Depois de tudo pronto é só aproveitar cada momento e curtir muito a sua viagem.

Esse post foi uma sugestão do site Turismo Independente.

Posts Relacionados

Economize tempo e dinheiro alugando um carro em suas viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *