alugar uma 4x4

Dicas para alugar uma 4×4 – Como deixar sua viagem mais incrível

Para quem está pensando em fazer uma viagem de carro, conhecendo as cidades pelo caminho e seus pontos turísticos, talvez seja interessante considerar alugar uma 4×4. Afinal, esses veículos possuem diversas vantagens sobre os carros de passeio comuns nas rodovias, além de permitirem rodar em estradas e trilhas para alcançar os destinos mais incríveis.

E não é por coincidência que os veículos de tração nas quatro rodas têm sido bastante procurados nos últimos anos por famílias e jovens aventureiros, aumentando sua fatia no mercado. Seja como SUV ou caminhonete cabine dupla, os 4×4 deixaram para trás a pecha de carro utilitário off-road e ganharam as ruas das cidades tirando proveito do conforto e da segurança desse tipo de tração.

Assim, os veículos 4×4 são ideais para uma viagem pelas estradas e rodovias do país. Quer saber por quê? Continue sua leitura que falaremos mais sobre as vantagens dessa categoria.

As vantagens de uma caminhonete 4×4 para o turismo

Seja em casal, com amigos ou a família, alugar uma caminhonete com tração nas quatro rodas pode tornar a viagem muito mais interessante. Além disso, a tração 4×4 também traz outras vantagens, que incluem maior segurança nas estradas e mais conforto nos diferentes tipos de terrenos. Veja abaixo algumas das vantagens de usar uma 4×4 para turismo:

1. Maior estabilidade

Mesmo em rodovias pavimentadas, veículos com tração nas quatro rodas tendem a ser mais estáveis, especialmente em curvas e em condições adversas como pista molhada ou suja. Como a tração 4×4 aumenta a aderência ao solo e melhora o controle do carro pelo motorista, rodar em alta velocidade fica mais seguro.

Além disso, é menor o risco de aquaplanagem ou derrapagens, pois as quatro rodas estão tracionadas. Já em terrenos irregulares, a premissa é a mesma: como há dois eixos de tração, é mais difícil que o veículo derrape e o motorista perca o controle, mesmo enfrentando buracos ou lama.

2. Maior conforto em estradas

Uma boa parte das viagens de carro pelo país é feita em estradas não-pavimentadas ou com condições ruins, em que o asfalto se mistura a terra de trechos desgastados ou areia usada em remendos. Assim, com suspensões mais robustas e maior estabilidade, fica mais fácil de enfrentar as mudanças no terreno.

Essa facilidade diminui os efeitos desconfortáveis dentro da cabine, como solavancos e tremores, fazendo com que os trechos possam ser percorridos em menos tempo. Dessa forma, o desconforto de trafegar por estradas irregulares transforma-se em aventura e diversão.

3. Segurança

Por darem maior estabilidade em altas velocidades e em terrenos acidentados, os veículos 4×4 são mais seguros. O risco de derrapagem é menor, bem como o de aquaplanagens, e mesmo a frenagem é mais segura.

Como as quatro rodas são tracionadas, o freio motor (quando a resistência do motor age diminuindo a velocidade das rodas ao tirar o pé do acelerador) funciona em todas elas. Assim, além de maior controle da velocidade, o freio não fica sobrecarregado.

Aluguel de Carros online

Isso aumenta bastante a segurança em rodovias e estradas, especialmente em descidas, como em trechos de serra. Além disso, a tração 4×4 é importante para manter a segurança em terrenos irregulares, pois diminui a possibilidade de o carro deslizar e perder o controle.

4. Passeios com aventura

Veículos 4×4 dão a possibilidade de incluir no roteiro, trechos e até trilhas em locais turísticos pouco conhecidos. Assim, a viagem pode contar com passeios a praias e cidades pouco frequentadas, passando por estradas de difícil acesso.

Poder conhecer lugares fora dos roteiros mais badalados e viajar por estradas com pouca estrutura adiciona bastante aventura à viagem. Mas, apesar de serem veículos bastante robustos, é preciso alguns cuidados na direção, além de verificar se o combustível é suficiente para o trecho e lembrar de levar água e lanches para os passageiros.

5. Contato com a natureza

Pela sua capacidade de atravessar caminhos irregulares, os chamados off-road, os veículos 4×4 permitem que a viagem seja feita a destinos encravados em áreas de preservação, pouco frequentadas ou de difícil acesso.

Esses lugares costumam ter pouca interferência humana, oferecendo um contato muito maior com a natureza. São praias desertas, rios límpidos, parques ambientais, cachoeiras, morros e, até, comunidades extrativistas e de povos originários, onde a família poderá curtir bastante ar puro e tirar todo o estresse da vida corrida das cidades.

6. Grande capacidade de carga

Em uma viagem, a quantidade de bagagem é sempre um problema. Mas, tem coisa que não dá pra deixar para trás. Assim, é importante ter um carro que aguente carregar a quantidade suficiente de carga para que todos da família possam levar seus pertences com conforto.

Principalmente se o roteiro for passar por trechos não pavimentados. Com peso demais, carros de passeio comuns tendem a derrapar em subidas e podem atolar. Já os 4×4 possuem motor e suspensão robustos, além da tração em todas as rodas, permitindo que passe com muito mais facilidade por terrenos acidentados, mesmo com bastante peso.

porta malas SUV

Dessa forma, são os veículos ideais para passar o dia com a família em uma praia afastada ou organizar um acampamento com amigos, levando todos os equipamentos e suprimentos necessários.

Deu para perceber que um veículo com tração nas quatro rodas é a melhor opção para tornar sua viagem inesquecível, conhecendo os pontos turísticos mais restritos e diversos, sem descuidar da segurança e do conforto.

No entanto, não é preciso ser dono de uma 4×4 para aproveitar suas vantagens e planejar roteiros incríveis. É possível alugar um desses veículos nas melhores locadoras do país.

Alugar uma caminhonete 4×4 é fácil

Com o aumento da procura por veículos 4×4, ficou mais fácil, também, alugar uma caminhonete ou um SUV (veículo utilitário esportivo) para turismo. As empresas de locação de carros oferecem estes veículos nas categorias mais avançadas, geralmente categoria J ou grupo S, a depender da classificação de cada locadora. Para comparar tarifas e reservar uma caminhonete 4×4 ou SUV pelo melhor preço, acesse CarroAluguel.com

No momento da locação é oferecido, também, todo o suporte, desde seguros a adicionais como o aparelho GPS. Assim, a viagem se torna mais segura e confortável para conhecer as rotas e os pontos turísticos mais desejados.

Tem vontade de fazer uma viagem incrível? Então confira, abaixo, algumas sugestões de roteiros para fazer com uma 4×4 para já ir se preparando!

Roteiros para fazer com uma 4×4

Se você está considerando a ideia de alugar uma 4×4 para sua próxima viagem, mas não tem sabe ainda por onde começar, nós separamos abaixo 6 dicas de roteiros pelo Brasil indicados para fazer a bordo de um veículo com tração nas quatro rodas.

Todos são caminhos asfaltados na maior parte do percurso. No entanto, possuem trechos em que a estabilidade e a maior aderência dos 4×4 ajudam bastante, como curvas fechadas, pistas mal conservadas e estradas de terra. A paisagem e os pontos turísticos mais escondidos fazem a viagem valer a pena! Confira!

1. Estrada Real (RJ/MG)

O caminho conhecido como Estrada Real refaz a rota de escoação da produção de ouro e pedras preciosas do interior de Minas Gerais até o litoral do estado do Rio de Janeiro. Passa por diversas atrações históricas e pode ser feito tanto por trechos não-pavimentados como por rodovias.

A Estrada Real tem seu início na cidade de Diamantina (MG), onde as cascatas do Parque Biribiri são a principal atração. No caminho, o viajante passa por Ouro Preto, cidade histórica tombada como Patrimônio da Humanidade, e Tiradentes, onde as obras de Aleijadinho podem ser conhecidas.

ouro preto mg

Ouro Preto / MG

A viagem segue e no trajeto estão alguns parques e balneários que podem ser acessados por quem tem menos pressa, enquanto desce a serra até Paraty. Antigas fazendas foram transformadas em pousadas e dão um gostinho dos séculos XVIII e XIX ao visitante.

Atrações artísticas também são abundantes. Além das esculturas de Aleijadinho e da arquitetura colonial, em Cunha, artistas expõe suas obras de cerâmica nos variados ateliês pela cidade. Ainda, igrejas históricas por todo o caminho guardam uma arte requintada em seu interior, com peças revestidas de ouro.

Na chegada a Paraty, no Rio de Janeiro, os turistas podem conferir sua arquitetura do século XVII e aproveitar as calmas praias de seu litoral, a poucos minutos da cidade.

2. Rio-Santos (RJ/SP)

Famosa pela música de Roberto Carlos, a Rio-Santos passa em meio às montanhas da Serra do Mar e possui uma vista privilegiada do litoral. Por esse motivo, é considerada por muitos com uma das estradas mais bonitas do país.

Começando a viagem em Santos, no litoral paulista, ela segue pelas boas rodovias SP-050 e BR-101, mas é possível desviar do caminho para conhecer alguns pontos turísticos e cidades históricas encravas na serra.

Rodovia Rio Santos

Rodovia Rio-Santos

Na cidade de Santos, vale conhecer o maior jardim de orla do mundo, com 7 km de extensão. Indo em direção ao litoral norte, a próxima parada é no Guarujá, onde as praias e edifícios históricos são as atrações. Tanto Santos quanto o Guarujá oferecem boa infraestrutura para turistas.

Em Bertioga, os visitantes terão contato com uma grande área de preservação da Mata Atlântica. Além disso, uma visita monitorada ao Forte São João, mais antigo do Brasil, é outra atração que não pode ser ignorada.

O caminho ainda passa por São Sebastião, uma das primeiras cidades do país, fundada em 1502, que possui diversos edifícios históricos e praias paradisíacas. Em Caraguatatuba pode-se ter um momento de contato com a natureza. Basta pegar um desvio na Rodovia dos Tamoios, de estrada de terra, até o Núcleo Caraguatatuba do Parque Estadual da Serra do Mar.

paraty

Paraty / RJ

A Rio-Santos ainda passa por Ubatuba, Paraty e Angra dos Reis, todas cidades com belas praias e atrações turísticas voltadas à preservação ambiental e histórica, e chega à cidade do Rio de Janeiro, com suas belezas conhecidas internacionalmente.

3. Costa do Sol Poente (CE)

Considerado um dos mais belos roteiros litorâneos, a costa cearense possui diversos atrativos naturais para os turistas. Repleta de falésias, dunas, lagoas e mangues, a rota pode ser feita pela rodovia ou por estradas à beira da praia.

Seu início é em Fortaleza, capital do Ceará, e segue até o delta do Rio Parnaíba. Da região metropolitana até a cidade de Cruz, passando por Paracuru e Trairi, as praias são pontos de encontro de velejadores e praticantes de kitesurfe e windsurfe, todos atrás dos fortes ventos litorâneos. No meio do caminho, as dunas vermelhas da Praia de Lagoinha, em Paraipaba, formam uma paisagem imperdível.

Jericoacoara CE

Jericoacoara / CE

Seguindo viagem, o veículo 4×4 será interessante para continuar até a praia de Jericoacoara, onde a famosa duna Por do Sol oferece aos visitantes uma bela vista do fenômeno. O local é bastante concorrido e pode ser acessado por buggy com guia, contratado no local.

Para finalizar, a rota leva ao delta do Rio Parnaíba, formado por mais de 70 ilhas em uma área de manguezal e junção da água doce do rio com a salgada do mar.

4. Parque Serra da Capivara (PI)

O Parque da Serra da Capivara é o destino para quem gosta de história e arqueologia. Com 173 sítios arqueológicos, possui a maior quantidade de pinturas rupestres em todo o mundo. A rota conta ainda com o Rio Parnaíba como atração turística.

O roteiro tem seu início na cidade de Teresina, com suas belas praias e sol quente o ano inteiro. O caminho segue por rodovias asfaltadas, passando pelas cidades de Amarante e Floriano, lugares onde o Rio Parnaíba pode ser apreciado.

parque nacional serra capivara

Parque Nacional Serra da Capivara

Depois, o viajante passa pela primeira capital do estado do Piauí, Oeiras. A cidade possui atrações culturais e históricas, como o Museu de Arte Sacra, o Museu da Pólvora, o Centro histórico e a Ponte Grande, primeira ponte de pedra do Piauí.

Seguindo o trajeto, a próxima parada é em São Raimundo Nonato, município que abriga o Parque Nacional da Serra da Capivara. O turista encontrará estradas de terra em que o veículo 4×4 fará diferença. Lá é possível conhecer as pinturas rupestres de habitantes pré-históricos da região. Além disso, suas formações rochosas em meio à Caatinga já são uma atração por si.

A viagem pode, ainda, continuar até Petrolina, em Pernambuco, onde o visitante poderá se deliciar com a paisagem magnífica do Rio São Francisco.

5. Rota do Sol (RN)

Na capital do Rio Grande do Norte, Natal, inicia-se a chamada Rota do Sol, um caminho com diversas praias e pontos turísticos ao longo do litoral do estado. O passeio começa na zona sul da capital, na famosa Praia de Ponta Negra, que conta com toda a infraestrutura de hotéis, restaurantes e bares em suas proximidades.

Já na praia de Pirangi, está localizado o chamado “maior cajueiro do mundo”. Cobrindo 8.500 metros quadrados de área e com uma produção de 70 a 80 mil cajus por safra, a árvore tem o tamanho de 70 cajueiros normais. É, por conta de seu tamanho e reconhecimento internacional, um ponto turístico da região que não pode ser deixado de lado.

Pirangi do Sul / RN

O roteiro continua em direção ao litoral sul do estado, passando por diversas praias belíssimas e mirantes com vistas incríveis, inclusive o pouco frequentado Mirante dos Golfinhos. O local possui esse nome pois dá uma visão privilegiada do mar onde golfinhos aparecem nadando frequentemente.

O passeio termina na praia de Pipa, cheia de falésias e dunas onde turistas podem aproveitar e “esquiar”. Toda a rota pode ser feita beirando o litoral e um veículo 4×4 ajuda nas curvas e a alcançar os mirantes e as praias em trechos irregulares.

6. Serra do Rio do Rastro (SC)

Uma estonteante rodovia encravada nas montanhas da Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina é nossa última dica de roteiro. O caminho entre os municípios de Bom Jardim da Serra e Lauro Muller possui uma vista inigualável. Localizada a uma altitude de 1.467 metros em seu ponto mais alto, é possível apreciar toda a imensidão da Mata Atlântica em seus diversos mirantes ao longo do percurso.

Apesar de a rodovia estar em boas condições, a indicação de uso de veículos com tração nas quatro rodas é pelo fato dela ter curvas acentuadas em cotovelo. A estabilidade dos 4×4 ajudará bastante e o freio motor será essencial para a descida da serra.

Serra do Rio do Rastro SC

Serra do Rio do Rastro / SC

Ainda, há períodos de neblina e, principalmente no inverno, geada, que deixam a pista escorregadia. Assim, alugar uma 4×4 é uma boa pedida para dar mais segurança e conforto durante a viagem.

Após todos esses roteiros incríveis, certamente ficou mais fácil imaginar sua viagem em uma caminhonete cabine dupla ou um SUV 4×4. Mas, antes de você escolher o veículo que vai alugar e fazer sua reserva é bom ter alguns cuidados. Falaremos mais sobre isso abaixo.

Cuidados ao alugar uma 4×4

Por serem carros mais caros e contarem com uma mecânica mais robusta, é importante ter alguns cuidados para alugar uma 4×4 e não ter problemas em sua viagem. Veja abaixo algumas dicas do que ficar atento antes de reservar seu veículo:

1. Faça uma vistoria detalhada

Como são veículos muitas vezes utilizados em condições severas, como estradas irregulares e trilhas, é recomendável que haja atenção em dobro na hora na vistoria para a retirada. Veja se o veículo não possui amassados, se os pneus não estão desgastados e se não há sinais de corrosão.

Se puder, faça um test-drive e veja como estão a direção e os freios, como o motor responde ao pedal de aceleração e se não há barulhos estranhos na suspensão, como batidas e chiados. Se perceber qualquer defeito após o aluguel, pare o carro e entre em contato com a locadora.

Tenha bastante cuidado ao utilizar o carro pois, apesar de ser feito para aguentar, avarias podem acontecer se o uso for extremo. Ao entregar o veículo com danos, os consertos serão cobrados.

2. Escolha o seguro ideal

A depender da viagem que será feita, do roteiro e das dificuldades que o caminho pode apresentar, o melhor é escolher um seguro que cubra os eventuais perigos e dê coberturas adicionais, como guincho e assistência mecânica.

Afinal, um seguro compreensivo pode ser bastante útil em estradas e rodovias mais afastadas, onde é difícil conseguir assistência para o veículo. Além disso, é importante estar protegido para o caso de alguma avaria no automóvel.

3. Verifique os itens opcionais

Verifique junto a empresa, no momento da reserva, se ela oferece itens adicionais para locação, como aparelho de localização por GPS e cadeirinhas para crianças, além de outros opcionais que podem ser úteis em uma viagem com uma 4×4.

4. Faça uma pesquisa de preços

Hoje em dia é possível fazer uma cotação online para saber os melhores preços e condições para alugar uma 4×4, seja o aluguel com cabine simples, caminhonete cabine dupla ou carro utilitário esportivo.

A média de preço da diária para veículos destas categorias está em R$ 180,00 para SUVs compactos e R$ 300,00 para caminhonetes.

aluguel de carros pela internet

Como vimos, alugar uma 4×4 pode adicionar aventura e diversão ao seu roteiro de viagem. Por serem veículos mais robustos, são capazes de enfrentar estradas e terrenos irregulares, bem como garantir mais segurança e conforto nas rodovias. Assim, alugar uma caminhonete é o meio ideal para conhecer os destinos mais incríveis e as rotas de maior beleza.

Gostou de nosso artigo? Já está planejando sua viagem em uma 4×4? Então aproveite para fazer uma cotação online e reservar o veículo pelo melhor preço!


Economize tempo e dinheiro alugando um carro em suas viagens.

1 comentário

  • CarroAluguel disse:

    Boa tarde, Zelia. Tudo bem? Em CarroAluguel.com você pode encontrar categorias de veículos como SUV que contemplam carros 4×4 para alugar em todo Brasil. Entre em contato com a nossa equipe de atendimento no fone: 4003 6851, que nós indicaremos a melhor oferta para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *