Lavar o carro

Conheça 8 erros que você deve evitar ao lavar o carro

Conheça 8 erros que você deve evitar ao lavar o carro
Avalie

Ter o veículo limpo significa muito mais que uma regalia estética. Lavar o carro contribui para mantê-lo valorizado porque diminui alguns riscos de danos à pintura. A importância é tamanha que o cuidado pode, inclusive, ajudar na segurança do motorista, porque algumas sujeiras causam problemas mecânicos.

Para garantir que essa limpeza seja feita de forma correta, descubra agora 8 erros que devem, definitivamente, ser evitados por quem quer valorizar o automóvel e o próprio bolso.

1. Lavar o carro ao sol

Esse equívoco pode resultar em marcas muito rápidas e deve ser evitado de toda forma em seu automóvel sedan ou hatch. O sol faz secar a água misturada com os produtos de limpeza na pintura do carro. Isso vai criar manchas que podem ser notadas na primeira vez que o erro for cometido.

O sol também esquenta a lataria e outras partes do veículo e a química utilizada para a limpeza não age em superfícies quentes. A repercussão desse erro é também o surgimento de manchas na pintura. Prefira fazer a limpeza ao anoitecer, quando o sol não está forte e ainda há boa iluminação. Caso contrário, outra opção é fazer o processo de higienização e limpeza durante o dia, mas em área coberta.

2. Usar produtos químicos não apropriados

Um erro muito comum é pegar o mesmo detergente de lavar louça e reaproveitá-lo na limpeza do carro. Sem dúvida esta é uma ação equivocada. O principal motivo é que a química que compõe esse detergente pode causar danos à pintura do veículo em médio e longo prazo. Existem produtos específicos para a lavagem de automóveis, capazes de fazer uma limpeza profunda sem risco de deixar manchas.

O verniz que a pintura do carro tem pode ser removido com o uso de produtos indevidos ao longo do tempo. O resultado desse outro processo é deixar o automóvel sem o mesmo brilho e até desprotegê-lo do sol. Se você mora ou vai viajar para um lugar em que os raios UV são fortes, não é boa opção ficar sem essa proteção.

3. Usar objetos inadequados

A utilização de objetos não apropriados para lavar o carro é algo bem comum. A esponja, por exemplo, deve ter maciez e certa consistência para garantir a retirada de sujeira. Não deve ser qualquer camiseta velha ou pano.

Utilizar objetos inadequados só aumenta o risco de haver sinais indesejáveis na pintura do veículo. Esponjas não indicadas para lavar o carro têm muito mais chances de fazer com que partículas da sujeira fiquem grudadas em suas fibras e na ação de esfregar isso vai causar atrito na pintura.

A utilização da quantidade correta de baldes também é outro cuidado que precisa de atenção. O correto é ter dois, um para liberar a sujeira e o outro para enxaguar a esponja e voltar a esfregar.

4. Usar o mesmo pano para todo o carro

Limpar a lataria, as rodas, faróis, partes de plástico e interior exige o uso de diferentes panos. Essa particularidade ajuda a ter um carro mais confortável e limpo. As sujeiras que existem nas diferentes partes do veículo são particulares. Quando se usa a mesma esponja ou pano para tudo, o resultado é criar condições que favorecem para que a pintura seja danificada.

Aluguel de Carros online

No interior, a sujeira é completamente diferente da que existe nas rodas e mesmo nos faróis. Até mesmo a impureza que esteja na pintura, se levada para o farol, pode riscá-lo. É preciso não só usar outro pano ou esponja, como regularmente enxaguá-lo.

Ainda há o detalhe que produtos químicos para a lataria não são os mesmos para o interior do veículo. Com a mesma esponja ou pano, essa química acaba indo para onde não deveria.

5. Lavar vidros com cuidado

Os vidros merecem toda a atenção do proprietário porque fazem parte do sistema de segurança do carro. Utilizar limpadores residenciais é o mesmo que assumir o risco de criar riscos e outros danos. O limpador de cozinha contém em sua composição a amônia, que pode riscar para-brisas e janelas laterais.

6. Deixar para secar no tempo

O mesmo processo que resulta em manchas na pintura ao se lavar o carro sob o sol quente também acontece para quem faz toda a limpeza, mas não seca logo em seguida.

As manchas aparecem por conta das gotas de água, que funcionam como um bloqueador para a luz solar. Onde elas ficam, a incidência dos raios UV acaba sendo diferente. Isso faz surgir marcas que são muito difíceis de serem tiradas — em alguns casos, totalmente irreversíveis, podendo ser resolvida apenas com uma nova pintura.

A melhor forma de secar o veículo é usar um pano de microfibra muito macio. Ele vai absorver a água restante na lataria.

7. Lavar o carro a seco

“Passar um paninho” para tirar a poeira, seiva de árvore ou fezes de pássaro nunca resolve o problema. Por mais que pareça que momentaneamente melhorou a situação, a sujeira ainda permanece e principalmente quando os raios de sol entram em contato com o que restou há reação química que danifica a pintura.

Pode também haver o risco de algum resíduo riscar o veículo ao passar o pano seco. Isso vai depender do tempo que a sujeira permaneceu no veículo e o tipo de impureza. A solução é uma só: limpar com o uso de água, pano de microfibra e produto químico específico, adequado para uso automotivo.

8. Demorar para limpar

Deixar as impurezas no veículo por longo período, principalmente sujeiras como excremento de pássaros, seiva de árvores, restos de insetos, contribui para que haja reação química que gera manchas na pintura. Os raios UV são os principais ativadores dessas reações. A química que existe nesses restos reage com a tinta e isso é o que causa as marcas bem difíceis de serem removidas.

Barro é outra coisa que tem potencial para danificar o carro. Ao ressecar, ele transforma-se em um grande perigo para causar riscos na lataria. Nas rodas, o barro pode chegar a atrapalhar o balanceamento e fazer a banda de rodagem estragar mais rápido do que deveria porque o pneu vai se desgastar mais de um lado do que de outro.

Depois de descobrir essas dicas, você agora entende muito bem o que não se deve fazer ao lavar o carro e quais problemas ocorrem se houver descuido.

Saiba também quais precauções precisa ter se pretende viajar. Com esses cuidados, sua viagem fica muito melhor e mais segura.


 

Posts Relacionados

Economize tempo e dinheiro alugando um carro em suas viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *